Springfield
Springfield
SONAE
SONAE
Sheraton
Sheraton
Pandora
Pandora
MSC
MSC
Mercadona
Mercadona
Leroy Merlin
Leroy Merlin
FNAC
FNAC
Fast Shop
Fast Shop
Dia
Dia
Cortefiel
Cortefiel
Rede Ímpar
Rede Ímpar
Hospital 9 de Julho
Hospital 9 de Julho
A.R.S. Lisboa e Vale do Tejo
A.R.S. Lisboa e Vale do Tejo
Garcia da Orta
Garcia da Orta

Saúde: Soluções digitais ajudam a gerir falta de profissionais 

Saúde: Soluções digitais ajudam a gerir falta de profissionais 

Nos últimos anos, as Instituições de saúde têm vindo a enfrentar uma crise significativa de mão-de-obra, e este problema agrava-se à medida que as populações envelhecem: simultaneamente as necessidades de cuidados de saúde aumentam e a procura de profissionais de saúde ultrapassa a oferta.  

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que, até 2030, serão necessários mais 18 milhões de profissionais de saúde para fazer face à procura, sobretudo nos países com menos recursos. 

Para enfrentar esta crise, são necessárias soluções inovadoras, e a tecnologia e as ferramentas digitais, incluindo de WFM (Workforce Management / Gestão de Força de Trabalho) podem desempenhar um papel fundamental na transformação da mão-de-obra no setor da saúde.  

Ferramentas digitais são foco de aprendizagem 

As ferramentas digitais podem também ajudar a resolver o problema da escassez de profissionais de saúde, permitindo que os atuais especialistas desenvolvam novas competências e assumam novas funções. Inclusive, podem ser utilizadas para ministrar formação sobre uma série de temas, desde competências clínicas a liderança e gestão.  

Soluções como as ferramentas de WFM, podem também desempenhar um papel fundamental na resolução de problemas como a falta de profissionais, alargando o acesso aos cuidados de saúde, otimizando os recursos humanos e permitindo que os funcionários desenvolvam novas competências. Programas de formação de práticas de segurança em saúde e treinamentos para manter os funcionários atualizados sobre as últimas informações e práticas recomendadas são apenas alguns exemplos. 

 

Ferramentas de WFM permitem otimizar recursos 

As ferramentas de gestão da força de trabalho, como o SISQUAL® WFM, podem ajudar os prestadores de cuidados de saúde a evitar a escassez de mão-de-obra. A falta de profissionais é um problema significativo no setor e automatizando os processos, como por exemplo o registro de horas, as Instituições conseguem reduzir a carga administrativa do seu pessoal, garantindo que este trabalhe de forma eficiente.  

Existem várias vantagens na adoção destas soluções:  

Análise de dados e previsão (SISQUAL® Forecast): As ferramentas de WFM podem ajudar a recolher, analisar e prever dados relevantes, como taxas de admissão, altas, volume de consultas, número de pacientes em espera, entre outros. Isto pode ajudar a gerir as necessidades de forma mais eficiente, garantindo que os recursos estejam disponíveis quando necessário. 

Automatização de escalas de trabalho (SISQUAL® Auto-Scheduling): As soluções de WFM ajudam os gestores a criar escalas de trabalho eficientes, levando em consideração as habilidades e disponibilidade dos funcionários, bem como as necessidades de pessoal em diferentes locais. Este processo permite assegurar que existem profissionais suficientes para lidar com o aumento da necessidade de especialistas em picos de maior urgência.   

Licitação de Turnos (Open Shifts) – Através da publicação de “vagas disponíveis”, o SISQUAL® WFM permite que o empregador (Um hospital, por ex.) disponibilize horários em aberto aos colaboradores, de forma a que estes tenham a liberdade de optar por aquele que lhes for mais conveniente. Esta solução reduz a falta de mão-de-obra entre os prestadores de cuidados de saúde, permitindo melhorar os cuidados prestados, garantindo que há profissionais suficientes disponíveis para cuidar dos doentes. 

Esses são apenas alguns exemplos de como as ferramentas digitais e de WFM podem auxiliar na gestão de falta de profissionais de saúde. A crise internacional de falta de mão-de-obra no setor da saúde é um desafio significativo que exige soluções inovadoras. Neste sentido, a SISQUAL® WFM estará presente na Hospitalar 2023, a maior feira de saúde do Brasil, e no HIMSS 23 Lisboa um dos principais congressos europeus de saúde, onde irá apresentar a sua solução e explicar como a tecnologia e as ferramentas de WFM podem desempenhar um papel fundamental na gestão de recursos neste setor.   

Quer saber como o SISQUAL® WFM pode auxiliar o setor da Saúde?  

Agende aqui a sua demonstração!