Staples
Vodafone
FNAC
LVMH
Womens secret
Mercadona
Fleury
Fast Shop
Leroy Merlin
Cortefiel
SONAE
Hospital Pequeno Príncipe
Pandora
MSC
Dia
Springfield
Sheraton
Unilabs
Unidade Local de Saúde de Matosinhos
Notredame Intermédica
Pró-Saúde
Hospital de Santa Maria
Rede Ímpar
Unimed Fortaleza
Luz Saúde
Pulido Valente
Centro Hospitalar de São João
Hospital LeForte
Hospital Platô
AC Camargo
Garcia da Orta
Hospital 9 de Julho
A.R.S. Lisboa e Vale do Tejo
Sabará Hospital Infantil
Santa Casa de Misericórdia da Bahia
Hospital IGESP
Staples
Staples
Vodafone
Vodafone
Estapar
Estapar
LVMH
LVMH
Womens secret
Womens secret
Pandora
Pandora
Springfield
Springfield
Fast Shop
Fast Shop
Worten
Worten
WestSea
WestSea
Wells
Wells
Vitaminas
Vitaminas
Villa Termal das Caldas de Monchique
Villa Termal das Caldas de Monchique
Via Porto
Via Porto
Veolia
Veolia

SISQUAL WFM é a primeira empresa portuguesa com Selo de Segurança Cybersecurity

SISQUAL WFM é a primeira empresa portuguesa com Selo de Segurança Cybersecurity

A SISQUAL WFM recebeu nesta terça-feira, 14 de dezembro, o Selo de Segurança Cibernética durante a conferência Selos de Maturidade Digital, realizada no Instito Nacional Casa da Moeda (INCM), em Lisboa.

Entre o evento, realizado sob o tema “Portugal Pioneiro em Certificação”, estavam vários nomes importantes do governo português e cenas empresariais como o Ministro de Estado da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira, e Mariana Vieira da Silva, Ministra de Estado e da Presidência.

Pedro Cabral, Diretor de Operações da SISQUAL WFM, fez parte da delegação da empresa que esteve presente na conferência, na qual os temas de inovação e segurança estavam em debate.

Para o diretor de operações, a “visão global” e o foco da empresa na “excelência” foram as principais vantagens competitivas para a candidatura da SISQUAL WFM a uma empresa cibernética, “além da importância de ter uma entidade externa que valide o desempenho positivo da empresa no mercado de Workforce Management”, revela ele.

O Selo de Segurança Cibernética concedido à SISQUAL WFM na categoria “prata”, baseia-se em vários pilares que sustentam a “maturidade digital”, entre os quais – sustentabilidade, segurança, privacidade e acessibilidade.

A certificação é um ativo para as empresas

Garantir que um sistema digital utilizado pelas instituições seja seguro de usar, para que possa garantir a privacidade de seu usuário, implica regras e um conjunto de requisitos de segurança, de rede e de informações, a fim de aumentar o ambiente de confiança do cidadão no serviço.

Dito isto, a SISQUAL WFM “como empresa líder em tecnologia no mercado WFM, acredita que é essencial garantir a proteção dos dados dos clientes”, diz Bianca Montecchi, Gerente de Qualidade da SISQUAL WFM.

A Cybersecurity é de importância crescente no atual cenário global, como revela o relatório 2020 do National Cybersecurity Centre, que indica um aumento de 124% nos incidentes de cibersegurança em comparação com o ano anterior.

A pandemia acelerou o uso de tecnologias digitais por empresas e instituições e, portanto, a certificação Cybersecurity como elemento de prevenção de riscos criou valor para as empresas.

A crescente afluência no mercado digital também contribui para uma economia mais competitiva, garantindo que as empresas através do uso dessas novas tecnologias possam crescer e se relacionar melhor com fornecedores e clientes.

O compromisso da SISQUAL WFM com a segurança da informação começou com a aquisição das certificações das normas ISO 27001 e ISO 27018 em 2020, e em 2021 com a certificação da norma ISO 27701, relativa à privacidade dos dados pessoais. Hoje, a SISQUAL WFM é a única empresa portuguesa com tantas referências de conformidade, tendo sido a primeira empresa portuguesa a receber o selo de Cybersecurity.