SONAE
SONAE
Springfield
Springfield
Sheraton
Sheraton
Pandora
Pandora
Mercadona
Mercadona
MSC
MSC
Leroy Merlin
Leroy Merlin
FNAC
FNAC
Fast Shop
Fast Shop
Dia
Dia
Cortefiel
Cortefiel
Rede Ímpar
Rede Ímpar
Unimed Fortaleza
Unimed Fortaleza
A.R.S. Lisboa e Vale do Tejo
A.R.S. Lisboa e Vale do Tejo
Santa Casa de Misericórdia da Bahia
Santa Casa de Misericórdia da Bahia

2021: um novo tempo para a melhoria produtiva

2021: um novo tempo para a melhoria produtiva

Anda circulando algumas piadas nas redes sociais que dizem que depois da COVID19 e da tremenda queda de neve destes dias, em mais de metade de Espanha, só falta um ataque alienígena, que deve vir em seguida.

E sim, é verdade, estamos em tempos em que qualquer previsão, por mais razoável que seja, pode ser facilmente descartada em segundos. A realidade é que é difícil fazer quaisquer previsões num ano em que vivemos constantemente no limite. Palavras como confinamento ou home office já fazem parte das nossas vidas e, por isso, temos que saber como nos adaptar a elas. A capacidade que temos em transformar dados em soluções fará com que, sabendo que qualquer previsão pode ser complicada, o nosso produto possa ter longevidade.

2021: um novo tempo para a melhoria produtiva

Ao mesmo tempo, e para colocar mais lenha na fogueira, parece que tudo está contra nós enquanto sociedade. De um ponto de vista sociológico, o nosso principal problema é o tipo de sociedade em que nos baseamos, ou seja, os países latinos são por definição sociais e familiares. Em muitos países do Norte da Europa, as pessoas coexistem facilmente com este tipo de palavras novas, como o isolamento ou home office. O povo nórdico vive confinado parte do ano, por causa das condições climáticas, e estão também habituados a uma cultura sem sol.

Será uma quimera ser produtivo com tal panorama?

Penso que não, pelo contrário, é o melhor momento para estimar melhor os nossos processos e aumentar o lucro.

Vou começar com um processo que é vital para mim neste momento e que muitas vezes é ignorado por causa da sua intangibilidade, a motivação. Ou não faz parte da produtividade da empresa? Espero que ninguém pense assim. Se lermos estatísticas atualizadas sobre o estado da nossa psique, veremos que estamos à beira da depressão. Não ser capaz de manter o nosso modo de vida afeta-nos muito e, obviamente, isso afeta a produtividade. Portanto, a principal tarefa da equipe de recursos humanos é motivar os colaboradores, oferece-los horizontes claros e liderar as suas emoções com orgulho. Existem muitas notícias más com escuridão demais para ignorar. Consequentemente, estruturar a comunicação interna me parece um elemento indispensável para que as nossas equipes não vejam o seu otimismo em queda.

Quality Of Life Portal@4x-1

Ferramentas como portais para o colaborador ou de qualidade de vida nos permitem chegar ao público final, oferecendo uma melhor experiência dentro da empresa. A gestão dos recursos humanos deve estar próxima, oferecendo calor através dos canais de comunicação. Esta interação me parece ser fundamental para que a motivação não diminua e, portanto, consigamos manter os nossos mesmos padrões de qualidade produtiva. Que um funcionário possa trocar de turno, ver a sua folha de pagamento ou simplesmente receber informação corporativa não deve ser uma novidade. Comunicarmos as melhores práticas ou como resolvemos um problema é fundamental para a cultura empresarial.

Por outro lado, assumimos que de casa somos tão produtivos como no trabalho, senão mais. Através de múltiplos canais, somos notificados a cada minuto da próxima reunião e muitas vezes perdemos o momento do café com os nossos colegas, uma vez que passamos o dia inteiro mudando de sala virtual. A produtividade, a eficácia e a eficiência das pessoas no lugar certo no momento certo do trabalho é essencial. Portanto, vamos determinar qual é esse lugar. A transformação digital e a automatização de processos aumentam a nossa capacidade de trabalho. Com outras palavras, os locais de trabalho já não são estáticos, o que significa que podemos oferecer a melhor solução a partir do sofá da nossa casa com os meios certos.

Em períodos de total transformação digital como este, a forma como vendemos, produzimos ou criamos é mais importante do que a venda em si. Portanto, conhecer perfeitamente e nos adaptar à rastreabilidade das nossas cadeias de valor pode nos tornar mais rentáveis. Devemos assumir que os lucros não são estritamente vendas, mas podem trazer uma maior estabilidade emocional aos nossos colaboradores, uma menor taxa de absentismo ou uma estrutura mais sustentável da nossa comunicação interna. Superdimensionar um pessoal ou o contrário, não o ter perfeitamente estabelecido, gera problemas que afetam a eficácia e a eficiência, ou seja, uma serpente que morde a sua própria cauda.

Resumindo, aqui na Espanha estamos em tempos de melhoria da produção, onde as administrações públicas vão finalmente ser acrescentadas. Daí, por exemplo, projetos que começam a ser vistos em algumas Regiões Autônomas sobre a eficácia e eficiência dos funcionários públicos e todos os aspetos protocolares que regulam o seu trabalho.

Escrito por José Ramón Villaverde

José Ramon é um especialista em WFM e tem larga experiência em recursos humanos. Dada a sua paixão pela cultura, foi apresentador do programa de televisão ‘La nueva ruta del empleo. O seu maior passatempo é a escrita, sendo autor de 4 livros: 3 de ficção: ‘Otto, (Editorial Hades 2019)’, ‘El baile de las ortigas (Editorial Haces 2017)’ y ‘Deconstrucción de una lágrima (Editorial Hades 2014)’ e de não ficção, o livro ‘Películas, buenos consejos y cómo encontré trabajo.